Menu

O que fazer quando seu bebê engasgar ?



ENGASGO PARCIAL

O que vejo e percebo quando o bebê tem um engasgo parcial?

1 Ele está ofegante e respirando rápido;

2 O bebê está agitado;

3 O bebê está tossindo;

4 O bebê está chorando;

Ele pode estar sufocando (com falta de ar e respiração difícil).

O que eu devo fazer?

  • Mantenha a calma!
  • Segure o seu bebê no seu colo em posição confortável virado para você.
  • Não “sacudir” o bebê.
  • Deixe o seu bebê chorar, pois significa que ele está respirando!
  • Nunca tente usar os dedos para retirar o objeto
    da garganta do bebê, pois você poderá empurrá-lo ainda mais fundo, piorando a situação!

ENGASGO TOTAL

PASSO 1 Mantenha a calma!

Ligue ou peça para alguém ligar imediatamente para o Corpo de Bombeiros telefone 193 ou SAMU telefone 192 e diga seu endereço: nome da rua, número da casa, nome do bairro e a cidade onde está. Não tente retirar o objeto da garganta do bebê, pois você poderá empurrá-lo ainda mais fundo, piorando a situação!

PASSO 2

Com o dedo indicador e médio deve segurar a boca do bebê aberta.

Coloque o bebê deitado de barriga para baixo em cima do seu antebraço, com a cabeça mais baixa que o corpo.

Apoie seu antebraço na sua coxa para ter mais firmeza.

PASSO 3

Dê 5 tapas com a base da mão entre os ombros, no meio das costas do bebê.

PASSO 4

  • Coloque o bebê deitado de costas sobre o outro antebraço apoiado sobre a coxa.
  • Faça 5 compressões com dois dedos no meio do peito, entre os mamilos.
  • É bom você saber que cada compressão deve ter 4 centímetros 2 a 3 dedos de profundidade.

PASSO 5

Olhe para o bebê.

  • Se ele chorar, vomitar ou tossir é sinal que desengasgou.
  • Sua cor voltará ao normal.

! REPITA OS PASSOS 2, 3 e 4 se:
Se o bebê continuar engasgado e consciente tentando respirar;

Se o bebê ficar inconsciente ou sem reação, vá para o passo 6.


Ligue imediatamente para pedir ajuda pelos seguintes telefones.
Corpo de Bombeiros….. Telefone: 193. SAMU………………………..Telefone: 192.


PASSO 6
Se o bebê continuar “molinho”, sem nenhuma reação, ele pode estar inconsciente, faça as manobras a seguir (bebê inconsciente).


Como saber quando o bebê ficou inconsciente?

  • O bebê não responde aos chamados: não chora, não se mexe, não tem reação! Ele não responde quando você mexe nele!
  • Ele fica com respiração agonizante: ele não consegue respirar direito.
  • O bebê faz esforço para respirar, mas não consegue. Pode estar desmaiado.

Inicie as manobras abaixo:

  1. Coloque o bebê deitado de costa em uma superfície firme (na mesa ou no chão);
  2. Comprima o osso esterno (entre os mamilos no meio do peito) com dois dedos a uma profundidade de 4 cm (mais ou menos 2 a 3 dedos);
  3. Faça 30 compressões fortes e rápidas;
  4. Não se esqueça! A cada compressão deixe o peito do bebê retornar à posição inicial;
  5. Quando fizer 30 compressões abra a boca do bebê e faça 02 ventilações;
  6. Para abrir a boca do bebê, coloque uma mão sobre a testa e com o dedo indicador e polegar da outra mão, puxe o queixo do bebê para trás e para cima ao mesmo tempo, conforme a figura ao lado;
  7. Sopre ar até perceber o tórax do bebê levantar;

Se o bebê continuar inconsciente, repita tudo novamente até o socorro chegar!

Se ninguém chamou o Corpo de Bombeiros telefone 193 ou SAMU telefone 192, chame-o agora;

Observações

  • A cada 01 minuto você tem que fazer no mínimo 100 e no máximo 120 compressões (como se fosse o coração do bebê batendo);
  • Após cada compressão que você fizer no peito do bebê deixe-o voltar a posição inicial, para que o coração possa se encher de sangue.
  • Somente coloque sua boca na boca/nariz do bebê que seja da sua família.
  • Orienta-se que se o bebê não for seu familiar faça somente as compressões até a chegada da equipe de resgate. Isso evita que você se contamine com alguma doença que o bebê tenha.
  • Se alguém estiver com você, vocês poderão trabalhar juntas! Uma pessoa faz 15 compressões e a outra 2 ventilações (soprar ar na boca do bebê).

Referência
AMERICAN HERT ASSOCIATION. Guidelines. Destaques das Diretrizes da American Heart Association, 2010 para RCP

e ACE. AHA versão português, p.1-28, 2010.
AMERICAN HERT ASSOCIATION. Guidelines. Destaques das Diretrizes da American Heart Association. Atualização das

diretrizes de RCP e ACE, 2015. AHA versão português, p.1-32, 2015.
ALBERT EINSTEN. Sociedade Beneficente Israelita Brasileira. Primeiros Socorros: Engasgo. Abril/2010. Disponível em:

http://www.einstein.br/einstein-saude/primeiros-socorros/Paginas/engasgo.aspx Acesso em: 04 out. 2014.

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS. Protocolo para o Suporte Básico de Vida do CBMGO, 2011. Disponível em: http://www.bombeiros.go.gov.br/wp-content/uploads/2012/09/ProtocoloParaOSuporteBasicoDeVida2011. pdf Acesso em: 04 out. 2014.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Educação médica continuada, [2014?]. Disponível em: <http://www.sbp.com. br/show_item2.cfm?id_categoria=24&id_detalhe=559&tipo_detalhe=s>. Acesso em: 04 out. 2014.

STOPFKUCHEN, HERWIG. Emergências pediátricas. [tradução Reinaldo Koester Santori].1a. Ed. São Paulo: Rideel, 2010.

TEC-SAÚDE. Programa de Formação de Profissionais de Nível Técnico para a Área de Saúde no Estado de São Paulo. Vídeo aulas e Procedimentos: Urgência e Emergência. [2014?]. Disponível em:<http://tecsaude.sp.gov.br/default. asp?dir=inc/videoaulas_procedimentos_ue.asp&esq=inc/menu_int.asp . . Acesso em: 28 nov. 2014.