Menu

Férias: cuidados em dobro com as crianças em casa



Durante o recesso de julho, os acidentes em casa se multiplicam, afirma Antonio Carlos Turner, chefe da Pediatria do Hospital Balbino (RJ). Outros problemas comuns são alergias e infecções intestinais.

— Com o frio, os pais tendem a levar os filhos para ambientes fechados, como shoppings e cinemas. Nesses locais, a contaminação por vírus e bactérias é muito mais fácil — alerta o médico.

A opção é buscar ambientes ventilados ou se aventurar em brincadeiras ao ar livre. Quando o passeio prevê exercícios físicos e um lanche saudável, a programação fica ainda mais completa.

— O frio é um irritante das vias respiratórias, ainda mais quando o ar está seco. Por isso, tirar a criança de casa, da frente do computador ou do videogame ajuda muito. A casa é o pior ambiente para quem tem asma ou rinite — afirma o coordenador do projeto Brasil sem Alergia, Marcello Bossois.

Veja mais algumas dicas:

Veja
 

Alimentação:

  • Guarde frutas picadas em potes ao alcance dos pequenos. Ofereça para a criançada entre as refeições, em substituição aos biscoitos.
  • Pipoca, cookies e rosquinhas integrais são boas opções para substituir os salgadinhos. Eles têm fibras, importantes para o bom funcionamento do intestino.
  • Chame o seu filho para cozinhar. Além de divertido, pode ser o momento ideal para ensiná-lo a alimentar-se de uma forma mais saudável.

Acidentes:

  • Coloque proteção nas janelas em lugar de deixá-las fechadas. Assim, você evita acidente e infecções respiratórias ao mesmo tempo.
  • Cuidado com os irmãos! Brincadeiras mais brutas ou até lutas podem terminar no hospital. Evite que eles tenham acesso a objetos pontiagudos e cortantes.
  • Ensine o seu filho a respeitar os animais. Durante as férias, crescem as emergências por mordidas de gatos e cachorros.mantenha os bichinhos vacinados.

Lazer:

  • Aproveite as férias para brincar com o seu filho. Vale tudo, mas tente variar: atividades com bola, um passeio de bicicleta… Isso aproxima pais e filhos e ainda estimula atividades físicas.
  • Coloque limites no uso do computador e do videogame. Leituras, jogos de tabuleiro e atividades ao art livre precisam fazer parte da rotina das férias.
  • Se o seu filho faz o estilo mais radical, leve-o para andar de skate, patins ou andar de escalada. Mas não deixe de levar capacete e protetores de joelhos e cotovelos.

Doenças respiratórias:

  • Durante as férias de julho, evite cinemas, teatros ou shoppings. Os ambientes fechados e lotados aumentam os riscos de contaminação por vírus e bactérias.
  • Forre o colchão com capa impermeável, retire do quarto das crianças tudo o que acumula poeira e não use produtos de limpeza com cheiro forte. Assim, você evita crises de bronquite, asma e rinite, comuns nessa época do ano.

Fonte: Jornal Extra